Ricardo Oliveira
O tempo e a poesia como essências da alma
Capa Textos Áudios Fotos Perfil Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
"A condição viva e simpática de quem consegue ser quem realmente é. Vejo que em meio a conversa, também existe um pouco de silêncio pairando no ar".

Permaneço verdadeiramente encantado com o sorriso a qual foi me apresentado. A condição viva e simpática de quem consegue ser quem realmente é. Vejo que em meio a conversa, também existe um pouco de silêncio pairando no ar. No ar de uma cidade josefense, e sem palavras. A comunicação vai além do coração, por isso, os olhos são como estrelas.

Passo tempo não tão suficiente, mas foi uma companhia com significados intensos e me pergunto:  - Há algum segredo em seu interior? Sim, deve haver, com certeza, entretanto, o melhor vem a ser, não tentar se aprofundar nestas questões da alma de uma mulher. O importante mesmo, consiste em viver o momento, nem que seja breve.

Breve, não quero nunca dizer, pois sempre se pode retomar a conversa anterior de uma forma ou de outra. Para quem caminha escrevendo ao longo do tempo, o encontro perfeito das águas do oceano com a criatura existente nele. Compreender a magnitude da experiência, tem o seu lado rico, e também um lado frustrante. 

Frustrante, se pensar o quanto posso ficar somente com traços na memória. Mas, como já falei nesta carta, sempre a retomada é possível nesta vida. E a despedida, antes se eu seguir o meu rumo de volta para casa, veio da moça a qual tomou conta do ambiente com o perfume de sua essência:  - Até a próxima! O jeito é esperar então. o que acontecerá, se chama: mistério.

CARTA ESCRITA EM 07/01/2020
AJUDE-ME A ESCREVER A NOVA CARTA. SOBRE O QUE DESEJAM QUE EU ESCREVA DE INTERESSANTE? ENTREM EM CONTATO.
 
Ricardo Oliveira (Poeta)
Enviado por Ricardo Oliveira (Poeta) em 07/01/2020
Alterado em 22/01/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários